Na Mídia

Delegado Waldir deve filiar-se ao Patriota, futuro partido de Bolsonaro

SAIU NA MÍDIA - JORNAL OPÇÃO

A Coluna Painel da Folha de S. Paulo deste domingo (26/11) iinforma que o PEN, agora chamado de Patriota, futuro partido do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), já tem conversas avançadas para a filiação de outros deputados, dentre eles o goiano Delegado Waldir (PR).

A informação já havia sido adiantada pela Coluna Bastidores do Jornal Opção, mas com a confirmação de que Bolsonaro vai mesmo integrar o Patriota para a disputa presidencial em 2018, as negociações se acirraram.

Também são cortejados os deputados Delegado Francischini (SD-PR) e Marcelo Álvaro Antônio (PR-MG). Assim como Bolsonaro, eles devem esperar a janela partidária do ano que vem para mudar de sigla.

Abertamente rompido com seu atual partido, o PR, Delegado Waldir já dá como certa sua mudança de sigla, mas ainda não escolheu, pelo menos oficialmente, para qual partido deve migrar. O Jornal Opção tentou contato com o deputado, mas não conseguiu até a publicação da matéria.

Ele já tem como certo, porém, o apoio à candidatura de Bolsonaro para presidente. Na última quinta-feira (23/11), o deputado Jair Bolsonaro assinou uma ficha do PEN firmando o compromisso de se filiar em definitivo à sigla em 10 de março.

Com o lema “Brasil acima de todos. Deus acima de tudo”, o Partido Ecológico Nacional (PEN) obteve registro definitivo junto ao Tribunal Superior Eleitoral em 2012. Em 2017, após enquete eletrônica, comando nacional do partido adotou o nome de Patriota, mas ainda não houve autorização do TSE para renomeação.

 

Fonte: Jornal Opção
Mostrar mais

Artigos Relacionados

2 thoughts on “Delegado Waldir deve filiar-se ao Patriota, futuro partido de Bolsonaro”

  1. Pode ser que muito pouco tenha se ouvido falar deste delegado Waldir, mas, por incrível que pareça, cabe a ele todas as mudanças que ocorreram no país nestes quase dois anos. Uma única pergunta ao deputado Cunha na CPI da Petrobrás em março/15 deflagrou todos os acontecimentos que foram tão benéficos para o país. Ao perguntar se o corrupto tinha contas no exterior e ter uma negativa como resposta foi o suficiente para levar o safado para o Conselho de Ética e que em represália aceitou o pedido de impeachment contra a anta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Close
Close