Na Mídia

Promotor Moisés destaca crescimento de Jair Bolsonaro nas pesquisas

Pré-candidato ao Senado pelo grupo político liderado por Randolfe e Clécio Luís, o presidente regional do Patriota no Amapá diz que as bandeiras defendidas por Bolsonaro, como o combate à corrupção e à bandidagem representam as aspirações da sociedade brasileira.

SAIU NA MÍDIA – DIÁRIO DO AMAPÁ

Em entrevista concedida na manhã desta terça-feira (31) ao programa LuizMeloEntrevista (DiárioFM 90,9) o Promotor Moisés (Patriota) destacou o crescimento de Jair Bolsonaro, pré-candidato à Presidência da República pelo seu partido, nas pesquisas de opinião pública, que o colocam no segundo turno. Pré-candidato ao Senado pelo grupo político liderado por Randolfe e Clécio Luís, ele afirmou que as bandeiras defendidas por Bolsonaro, como o combate à corrupção e à bandidagem e a proteção da família representam as aspirações de mais de 90% da sociedade brasileira.
Perguntado se a presença de Bolsonaro no partido incomoda, e se por isso há possibilidade de ele migrar para outra sigla, o Promotor Moisés respondeu: “Certamente não. É um partido onde eu sou o presidente regional e o Bolsonato com certeza não incomoda; inclusive eu já estava no partido, quem veio foi ele, por decisão do conselho nacional do partido do qual faço parte, que aprovou a filiação dele, inclusive a mudança de nome mudança foi feita a pedido dele, como uma condição para ele vir para o PEN, que agora se chama Patriota”.
Ele falou sobre o crescimento de Bolsonaro nas pesquisas de opinião pública: “O Bolsonaro tem crescido muito na preferência do eleitorado; inclusive há projeções de pesquisa do Ibope e outros institutos que grande parte do eleitorado do Lula votaria em Bolsonaro se Lula não vier como candidato. O que está acontecendo é que aspirações maiores da população brasileira, como o combate à corrupção e da bandidagem desenfreada Brasil afora, assim como a defesa da família são as mesmas bandeiras do Bolsonaro. Ninugém é 100& bom ou ruim, e apesar de algumas posições polêmicas aos olhos da maioria ele ele tem defendido interes da sociedade”.
Questionado sobre o desgaste das instituições, em especial os recentes duelos de baixo nível travados no Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) pelos ministros Luiz Roberto Barroso e Gilmar Mendes, o Promotor Moisés criticou duramente as esferas superiores do Judiciário e definiu o Ministério Público (MP) e a Polícia Federal como que possuem maior credibilidade em todo o país:
– Essa baixaria entre Gilmar e Barroso no STF é o sujo falando do mal lavado, porque nenhum dos dois vale nada, todos dois são comprometidos com o sistema. O Barroso foi levado na época para o STF pra soltar o Zé Dirceu, como disse o Gilmar, que por sua vez também quantas pessoas ele beneficiou e beneficia. Infelizmente hoje 90% do STF é político, ali foram indicações realmente políticas, com indicação de pessoas com conhecimento jurídico, como o Dias Toffoli, por exemplo, que nunca passou em concurso público. É o político se sobrepondo ao jurídico. Por conta disso, antes no topo, apesar de que aqui embaixo, nas instâncias de primeiro e segundo graus a Justiça funciona muito bem, a justiça brasileira enfrenta grande desgaste, com o Ministério Público e a Polícia Federal se destacando como sendo de longe as instituições brasileiras mais respeitadas pela população. – opinou.
Promotor Moisés também falou da sua pré-candidatura ao Senado, em cuja empreitada ele tem como certo o apoio do grupo liderado por Clécio e Randolfe: “Tenho dito que nós temos um compromisso firmado no 2º turno da eleição de 2016 quando eu não fui para o 2º turno. Na ocasião nós não discutimos ideologia, mas união de um grupo com o meu apoio, um projeto de união políticas de um grupo e fui decisivo na reeleição do prefeito Clécio, e tem o reconhecimento da população e da classe política. Eu sou o segundo nome para a disputa do Senado, ficou decidido que eu seria a segunda opção. Eu, acho que esse compromisso vai ser cumprido, porque eles são homens de bem”.
Mostrar mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close