Notícias

Alistamento eleitoral de brasileiros que moram no exterior é tema de campanha do TSE

Ministério das Relações Exteriores apoiará o Tribunal na divulgação de vídeo promocional, por meio dos canais das embaixadas brasileiras no mundo inteiro

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lança nesta segunda-feira (5) um vídeo para incentivar brasileiras e brasileiros que moram no exterior a fazerem o seu alistamento eleitoral para poderem votar nas Eleições Gerais de 2022. A campanha será veiculada no canal do TSE no YouTube e nas redes sociais do Tribunal e contará com a colaboração do Ministério das Relações Exteriores (MRE), que também divulgará o conteúdo por meio dos canais das embaixadas brasileiras pelo mundo.

O vídeo é narrado pelo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, que dirige uma mensagem a todas e todos que, morando fora do Brasil, ainda mantêm laços afetivos e de interesse no país. “Todo cidadão brasileiro no exterior que esteja devidamente habilitado pode e deve se alistar para votar”, incentiva Barroso.

Brasileiros que moram no exterior têm um canal aberto com a Justiça Eleitoral mediante a plataforma Título Net Exterior. Por meio dela, é possível fazer alistamento eleitoral, revisão de dados cadastrais e transferência de domicílio de forma totalmente on-line, sendo necessário apenas o comparecimento na unidade consular mais próxima no caso de a eleitora ou o eleitor desejar retirar o título eleitoral impresso. A versão digital do documento, gerada pelo aplicativo e-Título, também tem valor legal.

Para acessar o Título Net no Exterior, basta clicar no menu “Eleitor e Eleições” no topo do Portal do TSE e, então, selecionar “Eleitor no Exterior”. Após ler a instruções, um formulário deve ser preenchido, e os documentos requeridos devem ser anexados. Após análise e aprovação, a eleitora ou o eleitor poderá baixar o aplicativo e-Título e, por meio de seu CPF ou número do título, baixar o documento em seu smartphone ou tablet.

Todo esse processo é totalmente gratuito e pode ser feito a qualquer tempo até 151 dias antes da data do primeiro turno das eleições – que acontecerá no dia 2 de outubro de 2022 –, ou seja, no começo de maio do ano que vem.

A brasileira Monique Watson, moradora de Utah, nos Estados Unidos, utilizou o Título Net Exterior para regularizar a situação cadastral na Justiça Eleitoral e, assim, poder emitir passaportes brasileiros para si e para a filha, Isabella. Ela precisou do documento para receber a herança do pai, que faleceu no Brasil em 2018. “A burocracia é uma barreira, porque quem mora longe do consulado tem que fazer muitas viagens para apresentar os documentos. Tudo ficou mais fácil depois que pudemos fazer isso pela internet”, conta.

Fonte: TSE

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo