Notícias

Colíder – MT: Novo na política, advogado com 32 anos é eleito prefeito dos colidenses

Lelé Arantes

Com 32 anos, completados às vésperas da eleição, em 4 de novembro, o advogado e gerente administrativo, estreante na política, Hemerson Lourenço Máximo, o Maninho, foi eleito prefeito de Colíder, com 5.450 votos, 32,69%, derrotando o prefeito que estava em busca da reeleição (que ficou em terceiro lugar). Solteiro, gerente, com nível superior, ele nasceu na cidade vizinha de Nova Canaã do Norte. Ele juntou numa coligação o Patriota, Republicanos, PSL e DC, tendo como candidato a vice-prefeito o empresário Valmir Teixeira, de 41 anos. Apenas a professora Leila da Silva Teixeira de Almeida foi eleita vereadora neste grupo de partidos.

O prefeito Maninho, comemora sua vitória. (Foto extraída https://www.sonoticias.com.br, postada em 15/11/2020, às 22h58, por Luan Cordeiro)
O prefeito Maninho, comemora sua vitória. (Foto extraída https://www.sonoticias.com.br, postada em 15/11/2020, às 22h58, por Luan Cordeiro)

Com 33.649 habitantes, segundo projeção do IBGE, Colíder surgiu em 7 de maio de 1973, com o nome de Cafezal, fundada pela empresa Colonizadora Líder, de Raimundo Costa Filho. Daí o nome Colíder. Seis anos depois, em 18 de dezembro de 1979, pela Lei Estadual nº. 4.158, foi criado o município de Colíder, com 3.103,958 quilômetros quadrados, que se tornou famoso devido à produção agropecuária e também aos garimpos nas décadas de 1980 a 1990; passando pelo processo de extração de madeiras e, por conseguinte a pecuária e a industrialização através de frigoríficos e curtume, atividades do comércio e prestação de serviços.

Colíder é o terceiro munícipio com o maior PIB per capita da região de Sinop, 629 quilômetros da capital, Cuiabá. Seu PIB per capita é de R$ 26.319,79 (4.892,15 dólares, cotação de 21/11/2020) sendo o 77º do estado e 1.475º colocado no Brasil, apesar de seu IDH ser considerado alto, com índice de 0,713, ocupando a 1.514ª colocação no País.

Caberá aos próximos administradores municipais a implementação do Plano de Saneamento Básico de Colíder aborda os quatro eixos do saneamento: abastecimento de água, esgotamento sanitário, manejo de resíduos sólidos e manejo de águas pluviais. Isto deverá elevar bastante os níveis do IDH e da saúde colidenses. Seu IDEB é de 6.0, acima dos níveis nacionais, mas na saúde o índice de mortalidade infantil ainda é alto, com 20,62 por nascidos vivos.

O salário médio está na ordem de 2,2 mínimos para 20% da população que ocupação formal. Um terço está na pobreza, sobrevivendo com menos de meio salário mínimo.

Com grande extensão territorial, a Prefeitura é responsável pela manutenção de várias estradas para manter o escoamento da produção agrícola, com forte agricultura familiar na produção de hortifrutigranjeiros; a cadeia produtiva da pecuária conta com 400 mil bovinos, fortalecida pela agroindústria local: dois laticínios com capacidade de industrializar 150 mil/litros/dia; um curtume com capacidade de processamento de 4 mil peles bovinas ao dia e dois frigoríficos com capacidade instalada de abate/dia de aproximadamente 1.800 cabeças, mais fábricas de rações e sais minerais, e um abatedouro para atender os pequenos produtores. Este é o panorama econômico que o prefeito Maninho herda em 1 de janeiro de 2021.

Mostrar mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo